trem-anima

 

Cultural

 

Trem do Forró

 

Circula no mês de junho, saindo da Estação Maceió, indo até Rio Largo. Retornando, Faz duas paradas estratégicas: Uma no município de Satuba, outra no Bairro de Bebedouro, onde os participantes podem dançar e se divertir ao som de muito forró e baião. No interior dos vagões, os participantes também se divertem com as bandas de forró pé-de-serra. O objetivo é dar à população local e aos turistas, a alternativa de aproveitar as festas juninas em Maceió, através de um belo e divertido passeio de trem. Seu público-alvo são funcionários da CBTU, moradores de Maceió, Satuba, Rio largo e turistas de outros estados.

 

Trem da Galera

 

Durante o Campeonato Brasileiro da 2ª divisão, quando há algum time alagoano participando, o trem funciona, em horário especial, trazendo torcedores de Rio Largo e Satuba, que não poderiam ir ao estádio, por conta do preço da passagem, que no ônibus custa caro e não compensa. O público-alvo são os torcedores dos municípios de Rio Largo e Satuba.

 

Trem da Criança

 

Circula no mês de outubro, com passeios diários para crianças das escolas públicas e particulares. O objetivo é conquistar os passageiros do futuro. O público-alvo são os alunos de escolas públicas e particulares

 

Natal dos Lindeiros

 

Durante o mês de dezembro, sempre em uma datas que antecede o natal, é feita uma distribuição de brinquedos para as crianças que moram em regiões próximas à linha férrea. Os brinquedos são doados pelos próprios funcionários da CBTU, através de uma campanha interna. O objetivo é manter o bom relacionamento com as comunidades lindeiras, além de conquistar os passageiros do futuro. O público-alvo são as comunidades carentes, localizadas nas proximidades da linha. Ainda dentro do espírito do Natal dos lindeiros, são distribuídas cestas básicas, através de produtos arrecadados no evento chamado "Substation", que acontece na noite de natal. Ano passado, foram distribuídos mil e 500 quilos de alimentos, entre 150 famílias carentes, escolhidas pelas associações comunitárias das comunidades onde vivem.