trem-anima

 

Empresa

História

O Metrô de Belo Horizonte



A operação comercial do Metrô de Belo Horizonte teve início em 1º agosto de 1986, contando com as primeiras seis estações ligando Eldorado a Lagoinha, com 10,8 km de linha e três trens. Em 1987, foi incorporada ao trecho a estação Central e, em 2001, completou-se a frota de 25 trens. Em 2002, foi concluída a atual Linha Eldorado - Vilarinho, com 19 estações e 28,1 km de extensão, incluindo o Pátio de Manutenção de São Gabriel.

 

No contexto geral de deslocamentos em Belo Horizonte, o metrô transporta cerca de 65 milhões de pessoas/ano, o que equivale a quase 11% do número total de passageiros que utilizam o transporte público na Capital. A média mensal de usuários que utilizam o sistema a cada mês chega a 5,5 milhões de pessoas. Diariamente são cerca de 240 mil pessoas/dia.

 

Ao todo, 450 linhas estão distribuídas em seis terminais rodoviários anexos às estações Vilarinho, São Gabriel, José Cândido da Silveira, Central, Lagoinha e Eldorado.

 

O Metrô liga as regiões Oeste e Norte da capital, margeando a área Central de Belo Horizonte e promovendo a mobilidade entre os diversos municípios da Região Metropolitana. A integração representa cerca de 35% do total de embarques operados pelo metrô, o equivalente a mais de 22 milhões de passageiros/ano.

 

Mais viagens: A cada ano são realizadas cerca de 90 mil viagens, com índice de pontualidade de 98,9%. Já a regularidade das partidas chega a 99,5%. Eldorado, com mais de 10 milhões de usuários/ano, é a estação que registra o maior fluxo de embarques.

 

Atuais investimentos – Para atender à crescente demanda de passageiros em Belo Horizonte, a Companhia investiu mais de R$ 200 milhões na operação do sistema, em 2012. Ao todo, foram cerca de R$ 172 milhões na compra de 10 novos trens, que totalizam 40 novos carros. As novas composições vão ampliar em cerca de 50% a capacidade da operadora na capital e começam a chegar a partir do 2° semestre de 2014. Além de ampliar a oferta de lugares, a CBTU está instalando um novo sistema de freios nos 25 trens que já operam na frota, modernizando os equipamentos para oferecer ainda mais disponibilidade de composições e regularidade às viagens.

 

Recuperação de pontes rolantes – fundamentais para o dia a dia das rotinas de manutenção, as pontes rolantes que operam no Pátio de Manutenção foram renovadas recentemente. otidianamente são executadas manutenções preventivas nos trens, equipamentos e instalações do sistema metroviário, o que contribui para aumentar a disponibilidade das composições e a pontualidade das cerca de 90 mil viagens realizadas anualmente pelo sistema de Belo Horizonte.

 

Ultrassom dos trilhos – Em 2013, a CBTU-Belo Horizonte assinou ainda contrato para serviços de inspeção de trilhos com o uso de ultrassom, um investimento de cerca de R$ 1 milhão e que é sinônimo de mais seguranças e tranquilidade para as rotinas de manutenção. Os resultados obtidos com o uso de equipamento informam a condição real da via e subsidiam a tomada de decisões, cada vez mais precisas, contribuindo para a segurança do tráfego e dos passageiros.

 

Trens Acoplados – Na busca pela melhoria contínua do atendimento à população, a CBTU vem experimentando novas soluções, através do uso de trens acoplados, o que pode dobrar a capacidade de passageiros por viagem. A adoção de trens acoplados é uma alternativa viável e que já foi testada em pelo menos 16 trens da atual frota.

 

Trecho em operação: Linha 1 - Eldorado / Vilarinho

Extensão da Linha: 28,1 km

Número de estações: 19

Passageiros/dia: Cerca de 230 mil

Tarifa Unitária: R$ 1,80 (desde dezembro de 2006)

Terminais de integração com ônibus: 6 (Vilarinho, São Gabriel, José Cândido da Silveira, Central, Lagoinha e Eldorado).

Funcionamento diário: 5h15 às 23h

Regularidade dos trens: 99% das viagens programadas

Pontualidade dos trens: 98,9% da grade programada

 

Números da CBTU Belo Horizonte:

• Eldorado registra o maior número de embarques, com aproximadamente 10,4 milhões de pessoas/ano.

Anualmente, são realizadas 90 mil viagens, com índices de pontualidade de 98,9% e de regularidade de  99,5%.

• O tempo médio de percurso entre duas estações é de cerca de 2 minutos.

• A média mensal de usuários da CBTU Belo Horizonte chega a 5,5 milhões de usuários.

 

 

Malha Viária

 

 

O Sistema de Trens Urbanos de Belo Horizonte, o Metrô/BH é operado através da linha Eldorado – Vialrinho, com extensão de 28,1 km, abrangendo dois municípios, Belo Horizonte e Contagem. São 19 estações e 6 terminais integrados, que atendem cerca de 240 mil passageiros/dia.

 

 

 

Superintendência de Trens Urbanos de Belo Horizonte

 

 

Superintendente: José Rodrigues Pinheiro Dória

 

Endereço: Rua Januária, 181 - B: Floresta - Belo Horizonte – MG - Cep: 31110-060

Telefone: 31 3250-3900

Gerência de Comunicação e Marketing - Imprensa: (31) 3250-4022

Email: decombh@cbtu.gov.br