trem-anima

 

CBTU João Pessoa e IBRAPP promovem ação social no Dia Mundial de Combate à AIDS

          A CBTU João Pessoa e o Instituto Brasileiro de Políticas Públicas (IBRAPP) realizaram; na última sexta-feira, 1º; a campanha “A Vida Continua” em combate à AIDS. Foram distribuídos kits com camisinhas femininas e masculinas, lubrificantes e panfletos informativos sobre o assunto para os empregados e usuários do sistema, a partir das 9h.  O objetivo era alertar a todos sobre a existência de 40 milhões de pessoas vivendo com HIV no mundo, de acordo com o relatório da UNAIDS.

   De acordo com o Relatório de Monitoramento Clínico do HIV, publicado pelo Ministério da Saúde, mais de 830 mil pessoas vivem com HIV no país. A Campanha “A Vida Continua” veio com a proposta de reforçar a esperança nas pessoas soropositivas, ou que já desenvolveram o vírus da AIDS. Para gestor da ação, o coordenador de licitação do IBRAPP, Amaury Andrade, é fundamental mostrar uma nova perspectiva sobre a doença. “A vida não acaba quando ele se descobre portador do vírus. Este foi um novo olhar que o Instituto deu à temática da prevenção e combate à Síndrome da Imunodeficiência Adquirida (AIDS)”, explica Amaury.

    A iniciativa foi realizada simultaneamente em todos os estados onde o IBRAPP possui representação, e atua através da prestação de serviços ao Poder Público. Diversos órgãos públicos no Distrito Federal (DF) e nos estados do Tocantins (TO), Minas Gerais (MG), Paraíba (PB) e Rondônia (RO) apoiam à ação promovida pelo Instituto. Na Paraíba, além da CBTU, a procuradoria Regional do Trabalho (PRT-13), o Ministério Público Federal na Paraíba (MPF) e o Instituto Federal da Paraíba – Campus Patos recebem as ações do projeto “A vida Continua”. Foram distribuídos mais de 15 mil kits informativos para à população, para os servidores e para os colaboradores onde o IBRAPP atua.

Sobre HIV e AIDS - A doença ataca o sistema imunológico devido à destruição dos glóbulos brancos, células que atuam na defesa do organismo agindo contra infecções, diversas doenças e alergias. Das 40 milhões de pessoas que convivem com a AIDS no Mundo, mais 12 milhões são jovens e aproximadamente 53% destas pessoas tem acesso ao tratamento. De acordo com a UNAIDS, 35% das novas infecções detectadas no Brasil em 2016 foram em jovens de 15 a 24 anos.

04122017A 04122017B

 

O Dia Mundial de Combate à Aids –  Comemorado em 1º de dezembro, tem por função primordial alertar toda a sociedade sobre essa doença. A data foi escolhida pela Organização Mundial de Saúde e é celebrada anualmente desde 1988 no Brasil. O objetivo deste dia é promover a troca de informações e experiências, e de criar um espírito de tolerância social.

 

Sobre o BRAPP -  O Instituto Brasileiro de Políticas Públicas é uma instituição do Terceiro Setor, com o foco no desenvolvimento institucional do Setor Público, o qual visa, através de parcerias, contribuir para a melhoria constante da qualidade dos serviços executados pela administração pública.