trem-anima

 

 

 

O secretário nacional de Transporte e Mobilidade Urbana do Ministério das Cidades, Dario Rais, esteve no Metrô de Belo Horizonte nesta quarta-feira (1º/4) para conhecer detalhes da operação comercial e do funcionamento das 19 estações que compõem o sistema na capital. A reunião é a terceira já realizada pela Secretaria Nacional de Transportes, após a posse do ministro das Cidades, Gilberto Kassab, para tratar de assuntos ligados à expansão do metrô mineiro.

 

Agenda em pauta

 

Entre fevereiro e março de 2015, o secretário Dario Rais esteve reunido com técnicos do Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão e da Secretaria de Transporte e Obras Públicas do Governo de Minas para debater aspectos relativos ao escopo de projetos e à liberação de recursos. Os encontros realizados em Brasília e em Belo Horizonte servem para detalhar particularidades da obra e ficaram acertados após visita do Ministro das Cidades ao governador Fernando Pimentel, em janeiro de 2015.

 

Segundo o secretário Dario Rais o “objetivo principal da visita de hoje foi conhecer, em detalhes, a realidade operacional da linha 1  (Eldorado/Vilarinho) para poder contribuir com mais consistência no processo de ampliação e modernização do Metrô de BH, uma das prioridades do Ministério das Cidades”. Já o superintendente da CBTU Belo Horizonte, José Dória, enfatizou o envolvimento do governador Fernando Pimentel com a questão da expansão, lembrando que reuniões com a Secretaria de Estado de Transportes e Obras Públicas de Minas têm sido uma constante.

 

Novos trens

 

Ainda durante a programação, a equipe do Ministério das Cidades conheceu o Centro de Controle Operacional do Metrô e a Oficina de Manutenção do Pátio São Gabriel, onde foi apresentado um dos novos trens que passam a integrar a frota da Companhia, ainda em 2015.

 

Também estiveram presentes na reunião em Belo Horizonte: a gerente de Projetos, Paula Nóbrega e o analista de Infraestrutura da Secretaria Nacional de Mobilidade, Leandro Martins, além de uma equipe técnica da CBTU composta pelos gerentes de Manutenção, Eduardo Martins; de Planejamento, Luiz Ayres Neto; de Administração e Finanças, Eduardo Coimbra e de Operação, Adão Guimarães.

 

 

FONTE: IMPRENSA CBTU-BELO HORIZONTE