trem-anima

 

Em tempos de seca, dicas como não deixar a torneira pingando e evitar banhos demorados são sempre lembradas. Para estimular o uso consciente da água, a CBTU Belo Horizonte promove palestras nas próximas quinta e sexta-feira (16 e 17/4). Profissionais da Companhia de Saneamento de Minas Gerais (COPASA – MG) apresentarão o atual cenário dos níveis das represas mineiras e trarão orientações de como economizar água. As palestras acontecem no dia 16, às 14h30, no auditório do CCO, e às 22h30 no Pátio de Eldorado. Já no Pátio São Gabriel, o evento será realizado no dia 17, a partir de14h30.


O agente sanitário da Copasa e responsável pelas palestras da empresa, Givanildo de Almeida Cruz, elogiou a ação da Companhia. “A iniciativa mostra que a empresa entende a importância do assunto. Esperamos que os participantes se conscientizem e que apliquem as dicas não só em seu local de trabalho, mas em casa também.”

 

Liga da Economia
A Coordenadoria de Serviços de Apoio se juntou à Liga da Economia contra o desperdício de água e lançou uma campanha para estimular a participação dos empregados. A conscientização tem sido feita através de adesivos com os dizeres ‘Não deixe a torneira pingando’ e ‘Não jogue papéis, cigarros e outros objetos no vaso sanitário’ que foram colados nas portas e espelhos dos banheiros e nas copas da sede, Centro de Controle Operacional e dos pátios Eldorado e São Gabriel.


Segundo a coordenadora, Lilian Buval, campanha vem para aumentar os resultados positivos. “As atividades de conscientização visam alertar os colaboradores. A CBTU já conta também com a ajuda das faxineiras que indicam locais com problemas e ações diárias que precisavam ser mudadas.”


Lilian explica ainda que o trabalho de economia foi intensificado em 2014. “No ano passado, os empregados João Marcos Bemfica e Leonardo Alves, da Gerência Regional de Obras, promoveram uma força tarefa que identificou problemas, que foram reparados, imediatamente, pela manutenção. Com isso, o desperdício de água foi reduzido, consideravelmente”. De acordo com a medição mensal, realizada pelo fiscal Sebastião Jorge, foi notória a redução de cerca de 20% no valor da conta da Copasa e de 40% no desperdício. “Agora, estamos lutando para alcançar nossa meta de 100% sem desperdício”, acrescenta Jorge.

 

Pátio São Gabriel na luta contra o desperdício
O Pátio São Gabriel também faz sua parte no combate ao desperdício. Cerca de 95% da água usada na máquina de lavar trens é reaproveitada. “Caixas de 50 mil litros recolhem a água utilizada na lavagem que é transferida para outro compartimento onde passa por tratamento. No final desse processo, a água está em condições adequadas para ser usada, novamente, na limpeza dos trens”, explica o técnico industrial da Coordenadoria de Oficina Eletromecânica, Júlio Maria Terra.

 

 

FONTE: IMPRENSA CBTU-BELO HORIZONTE