trem-anima

 

A CBTU João Pessoa e o Organização Não Governamental (ONG) Núcleo de Leitura e Literatura da Porta do Sol lançam nesta terça feira, 2 de junho, na Estação Ferroviária de João Pessoa, o projeto Leitura Livre. O objetivo da biblioteca ao ar livre é possibilitar o acesso ao livro, e uma aproximação com o universo da leitura, para o público ferroviário, permitindo o fácil acesso e uso das estantes, sem cadastros, ou nenhum tipo de controle mais rigoroso.

 

O Projeto Leitura Livre foi selecionado no edital do Ministério da Cultura/Fundação Biblioteca Nacional para o Prêmio Leitura para Todos - Projetos Sociais de Leitura. De acordo com a organização, uma estante será instalada na área de convivência da Estação João Pessoa. Outras estantes deverão ser alocadas no Ponto de Cultura do Porto do Capim e Shopping Terceirão, no centro da capital. Nos locais também haverá recolhimento de livros.

 

De acordo com o superintendente da CBTU João Pessoa, Wladme Macedo, estender a leitura é um dever de todos. "Esse projeto é fundamental para que a CBTU possa difundir o universo da leitura com os nossos usuários e também fazer a integração entre o público leitor. Agora, enquanto aguarda o trem, o passageiro pode viajar através do livro e crescer cada vez mais", afirma.

 

Para a ONG Por do Sol, a proposta e objetivos do projeto não se colocam como oposição aos formatos usuais no trato com o livro e o leitor, mas como uma alternativa possível no sentido de promover a formação de leitores e até mesmo de construir caminhos que os leve a frequentar espaços.

 

 

FONTE: IMPRENSA CBTU JOÃO PESSOA