trem-anima

 

 

Secretário Nacional de Transporte e da Mobilidade Urbana do Ministério das Cidades, Dario Rais Lopes, e o superintendente da CBTU Belo Horizonte, José Dória, participaram da realização do 62º Fórum Mineiro de Gerenciadores de Transporte e Trânsito, que reuniu mais de 150 representantes do setor, no auditório do CREA-MG, em Belo Horizonte.

 

Durante o encontro, o secretário Dario Rais Lopes destacou que a consolidação do processo de modernização do Metrô de Belo Horizonte é uma determinação da presidente e uma ação específica do Ministério das Cidades, em conjunto com a CBTU, com o Governo de Minas e com a Prefeitura de BH. “Esperamos apresentar ainda neste semestre, como vai funcionar a equação financeira que prevê a modernização do Metrô, que deve envolver recursos federais, locais e da iniciativa privada”.

 

Ainda segundo o executivo, os recursos destinados ao metrô estão estimados em cerca de R$ 1,75 bilhão e poderão vir da liberação de recursos do Fundo de Garantia (FGTS). Sem apresentar valores absolutos, o secretário afirmou que não haverá paralisação de projetos. “O montante de recursos demandado e o projeto a ser implantado vai variar em função da decisão de se abordar, simultaneamente, uma ou mais de uma linha. Não temos como assumir um prazo num processo cuja implantação depende de uma interlocução com a sociedade”.

 

O superintendente da CBTU Belo Horizonte, José Dória, afirmou que “a CBTU Belo Horizonte participa, juntamente, como o Governo do Estado, da etapa de análise técnica dos projetos e está prevista a devolução dos documentos à Secretaria de Estado de Transportes e Obras Públicas (Setop), nos próximos dias, para que seja feita a definição de responsabilidades durante as obras”.

 

Instância para debates - Promovido pela Associação Nacional de Transportes Públicos – ANTP/MG, pelo Governo do Estado de Minas Gerais, por meio da Sub-Secretaria de Mobilidade, pela Prefeitura de Belo Horizonte e pela BHTRANS, este é o sexto ciclo do Fórum de Gerenciadores, que trouxe à capital secretários do Legislativo e Executivo nacionais, prefeitos e profissionais responsáveis pela mobilidade urbana de diferentes municípios.

 

A palestra do diretor-presidente da BHTRANS, Ramon Víctor César, sobre “Projetos para a Cidade de Belo Horizonte” abriu a programação. Outros dois painéis e quatro palestras técnicas também foram apresentados no decorrer do evento que seguiu durante todo o dia.

Para o secretário executivo da ANTP, Alexandre Resende, o papel que o Fórum exerce é fundamental para o diálogo entre as lideranças. “O Fórum é uma importante instância de debates de temas para o desenvolvimento e avanço das áreas de transportes e trânsito e para deliberações sobre os mais atuais assuntos na pauta de discussões do setor em todo o país”. Ressaltou ainda que “neste ciclo, foram recebidos secretários e representantes de 34 cidades mineiras e de dois de outros estados da federação, contabilizando, ao todo, 156 participantes”.

 

O presidente do Fórum Mineiro de Gerenciadores, Rodrigo Tortoriello, destacou o empenho da Associação Nacional de Transportes Públicos em instrumentalizar os municípios de todo o país na busca por soluções que promovam a melhoria das cidades e a profissionalização do setor.

 

O secretário de estado de Transporte e Obras Públicas, Murilo Valadares, enfatizou a importância da aproximação entre as instituições, com vistas a viabilizar soluções de mobilidade imprescindíveis para a capital. Citando exemplos concretos, Valadares fez questão de mencionar a recente aproximação da Metrominas com a nova administração da CBTU, por meio do superintendente José Dória. “É preciso esforço para superar os gargalos técnicos e políticos. Com a CBTU conseguimos estabelecer um diálogo que antes  não existia e, hoje, por conta dessa colaboração, temos técnicos da CBTU Belo Horizonte e da Metrominas atuando conjuntamente na análise de projetos voltados a expansão do sistema”.

 

Também participaram da solenidade de abertura, a deputada estadual Marília Campos, o presidente nacional da ANTP, Ailton Brasiliense, o presidente do Fórum Mineiro, Rodrigo Tortoriello, o coordenador regional da ANTP, Ricardo Mendanha, o diretor do DENATRAN, Alberto Angerami, entre outros.

 

 

 

FONTE: IMPRENSA CBTU BELO HORIZONTE