trem-anima

 

2480Na semana do Dia Mundial da Tuberculose (24), a Saúde Ocupacional da CBTU-BH alerta os empregados sobre a importância da prevenção contra a doença que é causada por uma bactéria que comumente afeta os pulmões, mas que pode infectar outros órgãos e tecidos como rins e meninges – membranas que envolvem o cérebro.

Segundo dados da Secretaria de Estado de Saúde, o Brasil registrou, em 2018, aproximadamente 76 mil casos novos de Tuberculose. Além disso, cerca de 10 milhões de pessoas adoecem por ano em todo o mundo, e a doença leva mais de um milhão de pessoas a óbito anualmente, considerando o contexto mundial. 

A Saúde Ocupacional da CBTU Belo Horizonte reforça a importância do combate e prevenção à doença, cuja transmissão ocorre pelo ar, durante a fala, espirro ou tosse das pessoas com tuberculose ativa. 

Sintomas: Os principais sintomas da tuberculose são tosse constante por duas ou três semanas, escarro (às vezes com presença de sangue), dor no peito, fraqueza, perda de apetite, de peso, febre e sudorese. Os sintomas podem variar, nos casos em que a Tuberculose afeta outras partes do corpo. Para prevenir a doença é importante evitar o contato por tempo prolongado com pacientes diagnosticados com Tuberculose em ambientes lotados, fechados e com pouca ventilação.