trem-anima

 

2651aO Tribunal de Justiça de Minas Gerais (TJMG), através da Coordenadoria da Mulher em Situação de Violência Doméstica e Familiar (COMSIV), em parceria com a CBTU-BH, realizou, no final de novembro, a 19ª Semana da Justiça pela Paz em Casa, uma campanha do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), que busca, todo ano, priorizar a realização de audiências, sentenças e despachos das ações da Primeira Instância que envolvam violência contra a mulher. 

Segundo o TJMG, até o mês outubro de 2021, já foram registrados mais de 100 mil processos sobre violência doméstica em Minas Gerais. A desembargadora Ana Paula Caixeta, superintendente da COMSIV do TJMG, ressaltou a parceria da CBTU como fundamental no acesso da campanha à população: “A colaboração da CBTU é de suma importância. A campanha busca sensibilizar a sociedade, levar informação correta quanto aos canais de comunicação e o pedido de socorro para meninas e mulheres que são vítimas das diversas modalidades de violência doméstica e familiar. Não se cale! Violência contra a mulher é crime”.

Trabalho contínuo: A campanha Justiça pela Paz em Casa acontece anualmente, nos meses de março, em comemoração ao Dia da Mulher; agosto, para celebrar a publicação da Lei Maria da Penha; e em novembro, para marcar o Dia de Combate à Violência de Gênero. 

Não se cale: Casos de violência contra a mulher podem ser denunciados pelos telefones: 180 (Disque denúncia), 190 (Polícia Militar) e 197 (Polícia Civil). Também é possível realizar online o registro da ocorrência, no site delegaciavirtual.sids.mg.gov.br. Caso prefira o registro presencial, a vítima pode se dirigir à Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher, na Avenida Barbacena, 288, Barro Preto - Belo Horizonte.