trem-anima

 

34 22A Comissão de Ética da Superintendência de Trens Urbanos de Belo Horizonte distribui durante esta semana a cartilha “Ética na CBTU” para todos os empregados da Companhia. O objetivo da ação é informar e consolidar os valores da Empresa e do Serviço Público Federal, além de trazer padrões de conduta que orientam os funcionários nas relações de trabalho.

O Código de Ética explicita valores que devem ser observados por todos os empregados, independente do cargo ou função, como respeito, justiça, honestidade, verdade, integridade, lealdade, compromisso, transparência, cidadania e cooperação.  A representante da Comissão em BH, Paula Torres Alvim, ressaltou a importância de todos terem acesso a esse documento. “Os funcionários precisam saber que na Empresa existe um Código de Ética e uma Comissão que os representa. Se alguém precisar de ajuda nesse sentido, saber a quem e como recorrer é direito de cada um”. Uma revista em quadrinhos com o título “Respeito é bom e todos gostam”, desenvolvida pelo Ministério Público do Trabalho, também está sendo entregue.

A Comissão de Ética da CBTU tem três representantes em Belo Horizonte: Wilber Magno de Oliveira, Paula Torres Alvim e Valter Manoel de Macedo Júnior. Esses empregados têm a missão de orientar e aconselhar sobre o tema conduta ética profissional, bem como investigar a má conduta que interfira no relacionamento interpessoal entre os empregados, com o público externo e no interesse da atividade pública, podendo, se for o caso, aplicar sanção de censura. 

Legislação: a Comissão de Ética integra o Sistema de Gestão da Ética do Poder Executivo Federal, obedecendo às disposições da Resolução nº 10, de 29 de setembro de 2008 e demais normas aplicáveis.

Contato: o empregado que necessitar de ajuda, pode enviar e-mail para etica@cbtu.gov.br ou ligar para o telefone 3250 3909.