trem-anima

 

IMG 0471A 4ª edição do “Halloween nos Trilhos”, organizado pela produtora de eventos naSala, em comemoração ao Dia das Bruxas, ocorreu no dia 22 de outubro. O evento realizado no sábado teve lotação esgotada e atraiu mais de 4 mil participantes em uma megaprodução repleta de arte e música eletrônica.

Os embarques para a festa ocorreram na Estação Central, após as 23h30, quando os participantes se depararam com um ambiente atípico. A temática girou em torno de uma misteriosa cidade que foi invadida e amaldiçoada por bruxas. Muitos moradores fugiram em busca de socorro, mas alguns insistiram em ficar. O desembarque final do trem estava repleto de surpresas para os usuários que ousaram encarar o desafio e conhecer os antigos moradores de Mystery Town.

O evento destaca a parceria de longa data entre a CBTU-MG e a boate naSala, demonstrando que a exploração comercial do metrô é um mercado repleto de oportunidades. A Companhia aluga suas dependências para a realização de eventos e o cenário promovido pelo sistema metroviário contribui para uma paisagem expressiva e única. “Ações como esta contribuem para a divulgação da marca da CBTU-MG e são importantes para o aumento da receita da empresa. O halloween nos trilhos é uma parceria consolidada com a Nasala e o evento foi um sucesso”, ressalta o Diretor-presidente da CBTU-MG, Gustavo Barbosa.

Valéria Coimbra, coordenadora de exploração comercial da CBTU-MG, afirma que a festa também agrega por receber novas pessoas no metrô, visto que “o público que frequenta esses eventos, muitas vezes, não conhece e não utiliza o sistema, e por meio do Halloween nos Trilhos começa a ter contato com o transporte coletivo sobre trilhos”.

Em seu primeiro Halloween nos Trilhos, Barbarah Lopes Pereira, 22 anos, conta que a experiência foi excelente. Segundo a estudante, “o ambiente descontraído, tanto na estação quanto dentro do metrô, surpreendeu”. Além disso, foi a primeira vez que Barbarah utilizou o metrô de Belo Horizonte, “achei rápido, limpo, seguro e mais confortável que outros meios de transporte público, adorei a oportunidade”, afirmou.