trem-anima

 

175 22A estação Central da CBTU-MG recebe a partir desta quarta (9/11) uma campanha de prevenção e rastreio de doença renal crônica (DRC). A iniciativa é promovida nacionalmente pelo curso de medicina da UniBH em parceria acadêmica com a AstraZeneca. A ação segue até sexta-feira (11/11), das 8h às 18h na quarta e quinta-feira, e das 8h às 16h na sexta-feira. 

A campanha é coordenada localmente pelo médico cardiologista e professor do curso de medicina da UniBH, Marcelo Martins Pinto Filho. A ação propõe atender a população em diversos espaços públicos de Belo Horizonte, visando alcançar 40 mil pessoas. Segundo o professor “é muito importante para a campanha um local com alta circulação de pessoas, já que o objetivo é, de fato, atingir um grande percentual populacional e a parceria com a CBTU-MG nos possibilita alcançar nosso objetivo”.

A ação consiste na realização de teste, em uma fita urinária, que detecta precocemente lesões renais. Se identificado o problema, os pacientes, além de serem conscientizados para a importância do controle de HAS (Hipertensão Arterial) e DM (Diabetes Mellitus), são encaminhados para acompanhamento médico.  

A assistente operacional, Lídia Felix, afirma que “ações que buscam difundir informações de prevenção e cuidado atingem um público vasto e heterogêneo como o usuário do metrô, o que permite que as estações da CBTU-MG sejam também espaços de conscientização".