trem-anima

 

ac261018Depois de décadas de dedicação e muito trabalho voltado ao desenvolvimento e fortalecimento ferroviário, empregados da Companhia Brasileira de Trens Urbanos têm a oportunidade de se desligarem voluntariamente de suas atividades já a partir do final de novembro. Está disponível a todos os aposentados pelo INSS (exceto aposentados por invalidez) e não aposentados com mais de 55 anos de idade e 25 de trabalho.

 

A Diretoria percorreu todas as superintendências para explicar as etapas processuais e o passo a passo para o preenchimento do termo de adesão ao Plano de Desligamento Voluntário. O diretor-presidente José Marques de Lima lembra que serão oferecidos aos empregados o incentivo de 16 vezes a maior remuneração recebida entre outubro de 2017 e setembro de 2018, respeitando o piso e o teto definidos junto à SEST. Diferentemente do que normalmente se pratica em outras estatais, o incentivo será pago integralmente à vista, sem descontos de Imposto de Renda.

 

Para definir o plano levou-se em conta ainda a importância dos empregados mais antigos no processo de transferência dos seus conhecimentos aos empregados que venham assumir seus postos de trabalho. Os funcionários matriculados em cargos estratégicos que decidam aderir ao PDV deverão respeitar um cronograma de saída definido pela Companhia.