trem-anima

 

210918ac

A CBTU Belo Horizonte realiza novos testes para uso de bilhete unitário com QR Code na Estação Central. A experimentação vai ocorrer até o dia 11 de outubro. O projeto piloto é desenvolvido pela Autopass, empresa de tecnologia e serviços associados à mobilidade urbana e, responsável pela operação da bilhetagem eletrônica na Grande São Paulo. Os testes acontecem diariamente, na estação, das 5h15 às 23h. Duas bilheterias e dois validadores instalados na Estação Central, devidamente identificados, farão a venda dos bilhetes. 

Uma máquina de autoatendimento instalada ao lado da bilheteria permitirá o uso de cartão de débito para a compra unitária. Cada Bilhete QR Code terá validade de 72 horas. Durante a execução, equipes da Autopass e da CBTU BH prestarão atendimento ao público, informando sobre a nova opção de serviços e como utilizá-la.

Para embarcar, após adquirir seu bilhete, no qual estará impresso um QR Code, o usuário deverá aproximá-lo do leitor da catraca exclusiva – adaptada para a leitura desse tipo de bilhete - e terá o acesso liberado. A proposta da Companhia segue a tendência de novas soluções em bilhetagem eletrônica, com a adoção de medidas que ofereçam mais rapidez e praticidade aos mais de 58 milhões de usuários que utilizam o metrô anualmente.

Este é considerado “um primeiro passo” para ampliar a integração com os transportes metropolitanos, implantada desde 2003 no Metrô de BH.  Todos os testes são desenvolvidos sem custos para a empresa. A viabilidade da implantação definitiva do novo sistema será analisada durante a fase de testes. Após esse prazo, a CBTU terá elementos para avaliar a possibilidade de implantação do serviço nas 19 estações, o que será precedido de processo licitatório.