trem-anima

 

IMG 8719 768x512O Dia Internacional da Mulher recebeu uma programação especial na CBTU-BH. Na manhã do dia 08 de março, o Sindimetro - Sindicato dos Empregados em Empresas de Transporte Metroviários e Conexos de Minas Gerais distribuiu 5000 rosas às usuárias que passaram pela Estação Eldorado. 

No Pátio São Gabriel, também na parte da manhã, o Sindimetro organizou um agradável café da manhã às funcionárias da CBTU, distribuindo ainda um kit com copo e bloquinho de anotações personalizado. Já na parte da tarde, no Prédio Sede a peça de teatro “Como fazer uma mulher feliz com R$5,00” animou o público feminino, que tiveram o dia finalizado com um gostoso lanche. A Técnica Industrial Walkyria Lisboa de Souza, da COPEM, disse estar animada com as comemorações: “A mulher, atualmente, vem se destacando cada vez mais na sociedade e em seu ambiente de trabalho, então é importante refletirmos sobre a data de hoje. Além disso, essa integração entre os empregados é uma ótima oportunidade para os funcionários se conhecerem um pouco mais e rever amigos que não víamos há um tempo”, disse.

 

Os eventos foram organizados pelo Sindimetro, sob a coordenação da diretora de Assuntos de Gênero e Etnia do Sindicato, Carine Cristina da Silva e da diretora de Administração e Finanças, Alda Lúcia Fernandes. Elas explicaram que o Dia Internacional da Mulher sempre foi comemorado na empresa, e esse ano, recebeu eventos em dois locais: o prédio Sede e o Pátio São Gabriel: “Como aumentou o número de mulheres nas áreas de manutenção, devido ao concurso de 2016, nós fizemos também um evento aqui no Pátio.” Sobre a importância da comemoração ao Dia das Mulheres, Carine disse que é uma espécie de homenagem a todo o trabalho exercido pela mulher hoje: “O dia de hoje é marcado pelas lutas femininas. Então, nós tentamos aqui presenteá-las por um ano inteiro de lutas e trabalho, que é quase sempre em dupla jornada: a mulher trabalha fora e em casa também”, disse.

Para a Técnica de Enfermagem, Cláudia Gomides, que trabalha na CBTU há 32 anos, o espaço da mulher dentro da empresa evoluiu muito: “Hoje, nós temos muitas técnicas trabalhando na área de manutenção e administrativa, por exemplo. A ideia de que oficina não é lugar pra mulher já acabou há muito tempo!”, comentou. As mecânicas Lohany Christina e Gilmere Lebasi são exemplo disso: as duas trabalham na área de manutenção de material rodante da empresa. Elas disseram que foram muito bem recebidas na oficina, e que, apesar de ainda existir uma resistência, são tratadas com igualdade: “Nós fazemos o mesmo trabalho que todo mundo e recebemos apoio dentro da empresa”, comentou Lohany.

IMG 20180308 WA0032O Som da estação: Outra programação que marcou o dia de homenagens foi o pocket show da dupla sertaneja Renan e Rafael que se apresentou ao público, na Estação Eldorado, distribuindo bombons e música agradável para prestar homenagem às mulheres que passavam pelo local.  Surpresa e encantamento foram as reações das usuárias do Metrô com a divertida Blitz cultural e com a performance dos rapazes!