trem-anima

 

Em cumprimento à sentença proferida pela 15ª Vara da Justiça Federal em Minas Gerais, a CBTU realiza neste domingo (7/7) a implementação da segunda etapa do reequilíbrio tarifário, que ocorrerá de maneira progressiva em todas as capitais onde a empresa atua e seguirá o cronograma de implementação ordenado pela Justiça.

O escalonamento tarifário foi definido após audiência de conciliação realizada em 24 de abril e começou a ser aplicado, em maio, pela CBTU depois de 13 anos sem reajustes nas tarifas em Belo Horizonte, 15 anos em Natal, Maceió e João Pessoa e 7 anos em Recife,  o que resultou em elevada defasagem em relação ao custo de manutenção do sistema. A aplicação das novas tarifas será realizada conforme descrito:

reajuste