trem-anima

 

2124Inscrições para participar do Colégio Eleitoral, que vai realizar a escolha dos vencedores das 27 categorias do Prêmio Revista Ferroviária 2019 seguem abertas até amanhã (10/9). O ingresso neste seleto grupo é aberto a profissionais do setor ferroviário e pode ser solicitado através do link www.premiorf.com.br/premio-rf-2019/colegio-eleitoral/. Após a confirmação de inclusão, o inscrito recebe por e-mail o formulário de votação, que pode ser devolvido até domingo (15). 

A CBTU-BH participa da disputa com dupla indicação. A primeira, na categoria “Melhor Operadora de Sistema Metropolitano” e a segunda, na categoria “Ferroviário padrão de Passageiros” - representada pelo engenheiro eletricista e assistente de controle operacional, José Geraldo Guimarães Ribeiro. 

Empregado da CBTU, desde 1985, o engenheiro não esconde a expectativa. “Faço desta indicação uma homenagem aos diversos colegas, profissionais competentes, honestos e dedicados à Coisa Pública, com quem convivi e trabalhei e que poderiam, perfeitamente, assim como eu, estar representando a Companhia”, destaca. 

Inovação em controle e operação de trens: entre os vários trabalhos desenvolvidos por José Geraldo Guimarães na STU-BH está a criação do software “CCO Alternativo” - ferramenta inovadora que permite que os controladores realizem a  identificação física e operacional dos trens na via, garantindo mais praticidade na injeção e recolhimento de composições, bem como a realização simplificada de manobra dianteira nas estações terminais, identificação de falhas, visualização do sistema de alimentação da frota, disparo eletrônico de mensagens, entre outros recursos essenciais ao dia-a-dia da operação. O novo software resulta numa integração maior dos recursos tecnológicos de controle e monitoramento, garantindo mais autonomia, segurança e qualidade no processo de controle operacional da STU-BH, entre outros benefícios agregados.

Sempre dedicado e participativo, José Geraldo Guimarães já foi vencedor dos prêmios “Qualidade Total” (1995 e 1997) e Boas Práticas (2017). Na STU-BH, exerceu os cargos de gerente de estações e gerente de Movimento. Também é criador do software “INFOMOV”, que garantiu a informatização de boa parte das rotinas de apoio técnico e escala de condutores. Há mais de 20 anos, atua como instrutor interno para a capacitação de equipes multidisciplinares. 

Vencedores de todas as categorias, incluindo os Ferroviários Padrão, serão divulgados durante jantar de premiação, programado para 26 de setembro, na Casa Petra, em São Paulo.