trem-anima

 

2179Empregados do Pátio São Gabriel da CBTU-BH participaram ativamente do encerramento da 33ª SIPAT – Semana Interna de Prevenção de Acidentes, que reuniu cerca de 600 pessoas, nas 20 atividades que compuseram a grade de programação realizada na última semana. Entre um tema e outro, o evento foi repleto de palestras, homenagens, dinâmicas, momentos de relaxamento, dicas e orientações, interatividade e ações lúdicas para descontrair o público, sem perder o foco voltado à segurança de todos. 

O presidente da CIPA’s PSG/PATEL, Joemy do Carmo, comemorou os resultados, elogiando os temas abordados e as palestras apresentadas. “A finalidade da SIPAT é promover informações sobre a segurança no trabalho, de modo que todos possam assimilar esse conteúdo e aplicá-lo em suas atividades cotidianas. O stand-up apresentado hoje veio coroar esse nosso esforço, de evidenciar a segurança como um item essencial para a preservação do bem-estar e para a qualidade de vida”, ressalta.

Para fechar o evento com muita descontração, o Grupo Confesso apresentou os cuidados a serem considerados em relação à ergonomia, a importância do uso de EPIs e da ginástica laboral e os malefícios do cigarro na saúde e bem-estar do trabalhador. Já a palestra do médico Marco Aurélio Rocha destacou os perigos da automedicação e os cuidados que ajudam na promoção da saúde, incluindo a realização de exames preventivos e de rotina. 

Dicas de utilidade: para a prestadora de serviço, Antonieta Carvalho, todas as palestras e dinâmicas foram relevantes, porque boa parte delas abordava tópicos reais e dicas práticas. “A palestra sobre direção defensiva e segurança no trânsito foi o que mais me impressionou. Perdi meu pai num acidente dessa natureza. Se todos soubéssemos como a prevenção nessa área é relevante para a nossa rotina certamente valorizaríamos mais esses pequenos cuidados!”

2179aO capitão Anderson Cruz, da PMMG, destacou que a importância da Direção Defensiva não se limita a conscientização, mas estende-se a uma mudança de conduta enquanto ser humano.  “Quando a gente respeita alguém, passamos a cuidar do outro de forma integral, seja a pé, seja conduzindo uma motocicleta, um carro de passeio. Essa mudança de postura só ocorre quando percebemos a segurança do outro, também afeta a nossa segurança”, destaca. Foram abordadas também informações sobre Normas Regulamentadoras, preparação para as atividades diárias, muito esclarecedoras para as atividades de manutenção em geral.