trem-anima

 

2279A CBTU Belo Horizonte é parceira do Tribunal de Justiça do Estado de Minas Gerais na divulgação do aplicativo MG Mulher, que promove a veiculação de informações e de conteúdo educativo e visa dar suporte a mulheres vítimas de violência doméstica e reforçar o combate a este tipo de crime no estado. Desenvolvido pela Polícia Civil de Minas, com apoio da Secretaria de Estado de Justiça e Segurança Pública (Sejusp), o novo app será utilizado como ferramenta de apoio a uma rede de serviços e de contatos que podem ser acionados em caso de violação de direitos.

Disponível para download gratuito, o aplicativo possui duas interfaces: uma informacional que disponibiliza uma lista dos locais de funcionamento de serviços voltados à proteção e orientação da mulher no estado de Minas Gerais, como  delegacias da Polícia Civil e unidades da Polícia Militar, bem como conteúdos textuais, áudio e vídeo, com informações e instruções sobre o universo da política de prevenção à criminalidade e à violência contra a mulher. A outra interface é privada e permite que a usuária possa criar uma rede colaborativa de contatos confiáveis que ela poderá acionar de forma rápida, via SMS, caso sinta que está em situação de perigo. O destinatário poderá avisar a Polícia Militar, para que esta se mobilize em favor da proteção à vítima. 

O principal objetivo do novo app é mostrar às mulheres vítimas de violência doméstica que elas não estão sozinhas e que existe uma rede de apoio pronta a ampará-la. As mulheres que comparecerem às delegacias especializadas para o registro de ocorrências serão orientadas a baixar o aplicativo e receberão as instruções para sua utilização.