trem-anima

 

2357A Gerência de Obras da CBTU Belo Horizonte iniciou neste mês a aparelhagem de um sistema anti-incêndio nos prédios Sede e CCO. A implantação do projeto aprovado pelo Corpo de Bombeiros busca readequar as dependências dos edifícios, a fim de garantir maior segurança a todos que circulam pelos ambientes. O novo sistema vai receber cerca de R$ 97 mil em recursos e a conclusão dos trabalhos está prevista para novembro de 2020.

Várias ações vão facilitar o combate ao incêndio e situações de pânico. Segundo o gerente de obras da CBTU-BH, Rodrigo de Abreu Vieira, entre as readequações feitas estão “a ampliação do reservatório de água para incêndio, a sinalização de extintores e hidrantes, a instalação de fitas antiderrapantes, iluminação, alarmes de emergência e a sinalização com placas de orientação e salvamento em todos os andares dos dois prédios”. 

Sinalização reforçada: para a coordenadora de Segurança do Trabalho, Larissa Rangel, a ampliação do sistema de combate a incêndio é fundamental para a melhoria das ações de segurança, incluindo evacuações de emergência. “As sinalizações luminosas, sonoras e visuais, bem como a efetivação da Brigada de Emergência prevista nos projetos, contribuirão para uma evacuação eficaz dos prédios, caso necessário, em uma situação de emergência”, declara.

2357a