trem-anima

 

84 22A CBTU Belo Horizonte recebeu na última semana o Grupo Social Help. A intervenção ocorreu na estação Central, das 10h às 17h, tendo como objetivo  oferecer ajuda a quem passa pelo local, além de  conscientizar a população sobre a importância da prevenção à ansiedade e à depressão. A ação mobilizou cerca de quatro mil usuários que passaram pelo local que puderam se informar sobre a importância da prevenção do suicídio.

O evento contou com o “Cantinho do Desabafo”, que é um espaço para quem deseja conversar com os voluntários. Eles ainda distribuíram cartas motivacionais e positivas para alegrar o dia de quem passasse pelo metrô.

Para as voluntárias Karine Lucena e Ayra Eloi a empatia é uma excelente forma para trabalhar e lidar com pessoas com transtornos mentais. “Nós somos um projeto que  lida com as pessoas que sofrem com problemas mentais, principalmente durante a pandemia. Todos os voluntários do Grupo Social Help são pessoas que já passaram por problemas desse tipo e ensinam como superá-los”. 

Se precisar, peça ajuda: é importante estar atento a sinais físicos e emocionais. “Se a pessoa sentir com frequência dores de cabeça ou musculares, aumento de batimentos cardíacos ou falta de ar, alterações de apetite ou sono, tremores e falta de energia, deverá procurar atendimento médico e psicológico”, afirma a técnica de enfermagem do trabalho da CBTU-BH, Cláudia Gomides.

O Grupo Help presta atendimento pelo Whatsapp (11) 4200-0034 ou pelo Instagram @help.fju.