trem-anima

 

180 22Hoje, 23 de novembro, às 19h, acontece a exibição do projeto “Nossos Corpos: combate ao assédio no transporte público em Belo Horizonte”, no Teatro Espanca, com entrada gratuita. Realizado pelo “Movimento Nossa BH”, a iniciativa tem como objetivo ampliar o debate sobre a violência de gênero e o racismo, quando em trânsito pela cidade, bem como tecer questões acerca da importunação sexual no transporte coletivo de Belo Horizonte e Região Metropolitana.

Luana Costa, uma das coordenadoras do “Nossos Corpos'', conta como foi desenvolvido o projeto: “Ao todo, realizamos três etapas: A primeira foi uma pesquisa de opinião com mulheres que utilizam o transporte público da capital mineira. Investigamos como elas pensam e elaboram seus deslocamentos na cidade, principalmente em relação ao transporte coletivo; a segunda etapa consistiu em auditorias de segurança com grupos de mulheres nas estações de integração São Gabriel e Vilarinho e na estação de integração Diamante; e a última etapa foi a produção do documentário ‘7giras passageiras’”, relata.

O curta-metragem: “7giras passageiras” contou com cenas gravadas nas estações e nos trens da CBTU-MG. O filme atenta para sete passageiras negras que tecem relatos subjetivos, autopercepções e narrativas biográficas sobre alguns aspectos da realidade abusiva e violenta à qual estão cotidianamente expostas ao transitar pela cidade. 

Inscrições: para se inscrever e acompanhar a apresentação basta acessar o formulário de inscrição pelo link: https://bit.ly/3ElCV5n. A entrada é gratuita. Para mais informações, acesse o Instagram do “Movimento Nossa BH”: https://www.instagram.com/movimentonossabh/ ,  que é aberto e possui todos os links das pesquisas quantitativas e qualitativas realizadas durante o projeto.