trem-anima

 

Maceió, 07 de abril de 2021.
Reunião das gerências na Superintendência de Trens Urbanos de Maceió
Para fazer um balanço do primeiro trimestre deste ano, o superintendente de Trens Urbanos de Maceió, Carlos Jorge, se reuniu com coordenadores e gerentes nesta quarta-feira, 07. No encontro, foram levantados assuntos que impactaram a gestão da CBTU como a pandemia do Covid-19, e os reflexos  do desastre ambiental na região do Pinheiro, Mutange, Bebedouro e Bom Parto, de responsabilidade da Braskem, que alterou toda a operação de trens e VLTs da região metropolitana de Maceió, com a interrupção de importante trecho da malha ferroviária.

Uma das principais decisões tomadas na reunião de hoje foi a respeito da necessidade de se intensificar ainda mais medidas de proteção ao vírus da Covid 19 dentro dos trens e no ambiente de trabalho dos funcionários da CBTU. Para Carlos Jorge, o momento é de muitas incertezas mas é necessário ação na proteção de todos os usuários e colaboradores. “Temos dois grandes problemas neste ano de 2021: a pandemia e as consequências do desastre da Braskem.  Precisamos agir sempre em relação aos dois assuntos. E isso estamos fazendo, com a certeza de que estamos fazendo o certo”, completa.


Por Ana Cristina Sampaio
ASCOM/COMAK