Imprimir

Agosto Lilás 2019 editada

Através da informação, a arma mais eficaz na luta para coibir todas as formas de agressão, a CBTU aderiu à campanha “Agosto Lilás”, voltada ao combate e enfretamento à violência contra a mulher. Através de parceria com a Secretaria Municipal de Políticas Públicas para as Mulheres (SEMUL), e o Movimento Voz, foi realizado nesta segunda-feira, 26, um evento para todos os colaboradores da superintendência de Natal, objetivando promover a discussão sobre os avanços e desafios na conscientização desse problema ainda tão presente no país.

O Agosto Lilás 2019, pauta os 13 anos da Lei Maria da Penha, e a assistente social Isabelle Silva aproveitou, em palestra, para enfatizar a importância da aplicação dessa lei e da prevenção, atentando sobre os primeiros sinais da violência, que podem se manifestar de diversas formas, como por exemplo: Se o companheiro desqualifica ou faz piadas ofensivas com a mulher; se ele a humilha; tem ciúmes excessivos; faz ameaças ou destrói bens pessoais, tudo isso são formas de violência.

Em relato de sua experiência pessoal, a Coordenadora do Movimento Voz, Andreia Souza, lembrou o quanto as agressões causam marcas profundas na vida da mulher, em todos os sentidos, emocional, psicológico, profissional e familiar. Portanto, a luta tem que ser constante e deve envolver de fato toda a sociedade.