trem-anima

 

Os usuários que passaram pela Estação Recife, na manhã desta sexta-feira, 17, se surpreenderam com a quantidade de atividades oferecidas. A Prefeitura do Recife deu início à programação com o Dia Internacional de Combate à Homofobia, onde realizou a distribuição de panfletos informativos com o objetivo de conscientizar a população sobre o respeito ao que é diferente.

Além dessa iniciativa, os usuários puderam contar também com a realização de procedimentos de enfermagem realizados pela Associação das Escolas Técnicas de Enfermagem de Pernambuco (AETEPE). Já a Universidade de Pernambuco (UPE), realizou uma Campanha Nacional de Mobilização contra o abuso e exploração sexual contra criança e adolescente, que contou com panfletagem somada à uma apresentação de Maracatu.

Para o usuário Luíz Fabrício, as ações realizadas nesta manhã trouxeram vários benefícios à população, principalmente em relação à saúde. “Hoje eu pude medir minha pressão, graças ao evento que está acontecendo aqui na Estação Recife. Eu não gosto muito de ir ao médico, mas como estava passando por aqui, aproveitei a ocasião que está beneficiando não só eu, mas todos que estão passando pela estação”, explicou.

 

Combate à Homofobia

170519a

O uso da tecnologia foi o diferencial na campanha do Dia Internacional de Combate à Homofobia, realizada pela Prefeitura do Recife. A ação começou às 7h da manhã e contou com a distribuição de panfletos e com óculos de realidade aumentada.

De acordo com o gerente do Livre Orientação Sexual, núcleo vinculado à Secretaria de Desenvolvimento Social, Wellington Pastor, a ação teve o objetivo de trazer a Campanha “Teste Seu Olhar”, que usa a tecnologia dos óculos com realidade aumentada, para chamar a atenção da população sobre uma violência que de virtual não tem nada. “A Estação do Metrô do Recife é um espaço que tem uma circulação muito grande de pessoas e por esse motivo viemos para cá. Essa é uma oportunidade que as pessoas têm para se sensibilizar através da aproximação com a realidade que o óculos traz”, relatou.

 

XIV Feira da Saúde

170519b

Quem buscava por procedimentos de enfermagem, como aferição de pressão, pôde aproveitar a oportunidade e se consultar com os mais de 80 alunos das escolas técnicas de enfermagem que vieram de várias cidades do estado. A ação, que começou às 8h, foi realizada em comemoração a Semana de Enfermagem.

Segundo a presidente da Associação das Escolas Técnicas de Enfermagem de Pernambuco, Maria do Carmo, há 11 anos a CBTU recebe a Feira da Saúde, na Estação Recife. “Hoje é um dia maravilhoso, tanto para a população, quanto para os estudantes que estão participando dessas atividades e colocando o que aprendem em sala de aula, na prática”, contou. “A CBTU é nossa parceira de longos anos e nos recebe de forma muito acolhedora. Nós agradecemos pelo espaço cedido”, concluiu.

 

Combate ao Abuso e Exploração Sexual

170519c

Às 9h da manhã, os usuários da Estação Recife já podiam escutar o som dos tambores do Maracatu trazido pelos alunos de graduação de enfermagem da Universidade de Pernambuco (UPE). O objetivo foi chamar a atenção dos usuários para a Campanha Nacional de Mobilização contra o Abuso e Exploração Sexual Contra Criança e Adolescente. Além do maracatu, houve também panfletagem com informações para de como denunciar uma suspeita de abuso sexual.

“Esse evento precisa de visibilidade, então trabalhamos em parceria. Quanto mais parceiros a campanha tiver, melhor. A escola, o assistente social e a universidade possuem grande poder para sensibilizar os pais, os adolescentes e os gestores de uma maneira geral para ficarem atentos sobre a diferença entre carinho e abuso. E a CBTU abrindo este local, nos ajuda a divulgar este trabalho de combate ao abuso e assim diminuir o número de jovens que passam por problemas do tipo”, relatou a Coordenadora de saúde do adolescente da secretaria estadual de saúde, Solange Loureiro.