Imprimir

080121a

Na última terça-feira, dia 05, o Abrigo Cristo Redentor recebeu as fraldas descartáveis doadas pelos funcionários da CBTU. A entrega foi realizada pela coordenadora operacional de assistência e recursos humanos, Danielle Filgueiras, e pelo assistente social da COAS, Lucas Neves, como consequência da campanha “Metroviário Solidário”, criada pela GOREH e pela Articulação Externa, e que teve como objetivo continuar desenvolvendo ações de responsabilidade social e contribuir para o crescimento da comunidade que faz parte do entorno da CBTU.

“Assim podíamos através da ação levar um pouco de cidadania e dignidade para os idosos do abrigo que num ano atípico como foi o de 2020 também enfrentou suas dificuldades”, afirmou a assistente social da COASS, Márcia Cavalcante. “Para que essa ação fosse possível, os empregados que fazem a CBTU foram imprescindíveis. Ao participarem doando as fraldas permitiram cumprir a missão de ajudar o Abrigo Cristo Redentor que realiza um importante papel na sociedade”, completa.

O abrigo, localizado na região próxima ao CMC, carrega consigo uma história sólida de trabalho com idosos em condições de vulnerabilidade social. Além disso, dispõe de uma estrutura que sempre visa o bem-estar dos idosos com atendimento multiprofissional e atividades lúdicas, e também, visando o convívio e o desenvolvimento de laços afetivos entre eles. 

O objetivo foi atingido e a campanha foi um sucesso. “Ao chegarmos com as doações de fraldas os seus gestores ficaram muito gratos, pois aquela doação contribuiria com a assistência prestada aos idosos residentes”, informou o também assistente social da COASS, Lucas Neves.

“Queria agradecer de coração o ato solidário de cada metroviário que ajudou o seu próximo e permitiu levar carinho ao abrigo nesse momento delicado que vivemos. Quando fomos fazer a entrega, o ambiente era só gratidão! Fomos recebidos com atenção e muito amor”, finaliza a coordenadora operacional de assistência e recursos humanos, Danielle Filgueiras.

080121b

Dona Maria – “Durante a visita os empregados da CBTU foram agraciados com a inusitada presença de uma residente do abrigo, a Dona Maria, 83 anos. Ela os presenteou com um saco de manga colhido do terreno e conversou sobre a sua rotina e a sua convivência no abrigo. Foi Dona Maria que representou na foto todos os idosos abrigados em gratidão a este gesto tão importante e humano dos metroviários solidários”, relatou Lucas.