trem-anima

 

2042aA CBTU Belo Horizonte é parceira do Departamento de Edificações e Estradas de Rodagem de Minas Gerais (DEER/MG) e da Secretaria Municipal de Saúde da capital na divulgação das atividades do Maio Amarelo 2019. A abertura da programação está agendada para o dia 29 de abril e contará com uma lista extensa de atividades ao longo de todo o mês. O movimento internacional visa a conscientização da sociedade sobre ações de segurança e o alto índice de acidentes e mortes no trânsito.

O Brasil ocupa a quarta posição no ranking de países onde mais se morre no trânsito em todo o mundo. São, aproximadamente, 50 mil vítimas por ano. De acordo com dados estatísticos da Polícia Rodoviária Federal, num levantamento de 2016, as principais causas de acidentes fatais no país se devem à falta de atenção (30,8% de óbitos), velocidade incompatível com a da via (21,9%) e ingestão de álcool (15,6%). 

Reflexão vital: Com o tema central: “No trânsito, o sentido é a vida”, a ação visa promover uma reflexão sobre as possibilidades de escolhas que podem acarretar graves consequências no trânsito diário, tais como usar o celular ao volante, beber e dirigir, abrir mão do uso do cinto de segurança, atravessar fora da faixa, desobedecer a sinalização viária, entre outras atitudes que dependem da escolha do condutor ou do pedestres e que podem prevenir ocorrências letais. 

O apoio da CBTU à campanha reafirma o interesse em contribuir para a conscientização ampla da população e para a redução significativa do número de vítimas envolvidas em acidentes, quer sejam no transporte rodoviário ou no transporte sobre trilhos.

Saiba Mais: Em maio de 2011, a Organização das Nações Unidas criou a “Década de Ação para Segurança no Trânsito” (2011-2020) e, desde então, o mês de maio se notabilizou como referência mundial para a promoção de programas que ajudem a reduzir o número de vítimas do trânsito. A ideia é fazer com que esses índices caiam em até 50%.