trem-anima

 

2160Atendendo a determinação judicial proferida pela 15ª Vara da Justiça Federal em Minas Gerais, a CBTU-BH passa a aplicar no próximo domingo (3/11), o novo reajuste tarifário do metrô, que vem sendo realizado de maneira progressiva em todas as capitais onde a Companhia atua. Com essa medida, a tarifa do metrô passa a custar R$ 3,70.

Vale esclarecer que o reequilíbrio tarifário foi definido após audiência de conciliação realizada em 24 de abril e começou a ser aplicado, em maio, depois de 13 anos sem reajustes nas tarifas em Belo Horizonte, 15 anos em Natal, Maceió e João Pessoa e sete anos em Recife, o que resultou em elevada defasagem em relação ao custo de manutenção do sistema. 

A companhia esclarece que a recomposição tarifária não está atrelada a nenhum investimento em particular. A busca pelo reequilíbrio financeiro das tarifas visa, exclusivamente, reduzir a discrepância provocada pela defasagem de anos sem reajuste. 

Mesmo com a recomposição das perdas inflacionárias, o novo valor da tarifa ainda é inferior aos praticados pelo sistema rodoviário. O reajuste visa subsidiar o equilíbrio entre o custo operacional e o preço pago pelo usuário, bem como a manutenção do caráter social do serviço metroferroviário prestado pela CBTU, finalidade principal desta Companhia.