trem-anima

 

Reunião entre superintendente da CBTU Maceió, Carlos Jorge, e o secretário de Desenvolvimento Territorial e Meio Ambiente, Pedro Vieira

 

Acompanhado de uma equipe técnica formada por engenheiros e arquitetos da CBTU, o superintendente de trens urbanos de Maceió, Carlos Jorge, se reuniu com o secretário municipal de Desenvolvimento Territorial e Meio Ambiente (SEDET), Pedro Vieira, e a secretária adjunta de Análise e Licenciamento, Cheila Mendonça, nesta segunda-feira, 08, para dar continuidade à parceria com a Prefeitura de Maceió para finalizar o projeto de expansão do VLT ligando o Centro ao Maceió Shopping, o qual exigirá a desapropriação de  imóveis. 

Reunião entre CBTU e Prefeitura de Maceió para agilizar projeto de expansão do VLT

Com a implantação desse novo trecho, mais de 40 mil pessoas serão transportadas ao dia, tendo mais opção para circular entre o Centro e a região de Mangabeiras. A expansão do VLT terá 3,7 quilômetros e mais três estações, diminuindo para 10 minutos a distância entre um trem e outro em horário de pico. A obra está orçada em cerca de 23 milhões de reais, além dos recursos para a desapropriação.  

 

Segundo Carlos Jorge, a aproximação entre a CBTU e a SEDET contribuirá para desatar possíveis nós burocráticos relacionados ao levantamento necessário para a desapropriação dos lotes.Ele ressalta que  a expansão do VLT é fundamental para a melhoria da qualidade dos transportes públicos e deve estar incluído no plano municipal de mobilidade urbana de Maceió. 

 

Atualmente a CBTU tem 35 quilômetros de via permanente, oito VLTs, 16 estações, e antes do afundamento do solo pela Braskem na região do Pinheiro, Mutange, Bebedouro e região, atendia a 12 mil usuários ao dia. 

 

Maceió, 08 de fevereiro de 2021.

 

Ana Cristina Sampaio

MTB 22.870 (SP) 

(82) 991979906

Assessoria de Comunicação

 

COMAK