trem-anima

 

2640aHoje, 19 de novembro, é o Dia Mundial de Combate ao Abuso Infantil e a CBTU-BH, em parceria com o Tribunal de Justiça de Minas Gerais, lança uma campanha pela conscientização da violência contra  crianças e adolescentes. A data foi criada no ano 2000 pela Fundação Cúpula Mundial da Mulher.

Vítimas de abuso infantil, quase sempre, demonstram sinais em situações de violência e pessoas mais próximas devem estar alertas a eles. “As crianças ou adolescentes podem apresentar mudanças de comportamento, além de aversão a algumas pessoas de sua convivência, incluindo medo. Problemas de saúde, a priori, sem motivo, também devem ser investigados, pois podem ser causados pelo estresse e trauma gerados pelo abuso. Os pais e responsáveis também precisam estar atentos a qualquer sinal físico”, afirma a técnica em enfermagem do trabalho da CBTU, Cláudia Gomides.

Abuso contra criança e adolescente é crime: É dever da família e da sociedade em geral assegurar que nem crianças nem adolescentes sejam negligenciados, discriminados, explorados, violentados ou mesmo oprimidos. O agressor pode ser punido, na forma da lei, por ação ou omissão dos direitos fundamentais infantis, segundo o Estatuto da Criança e do Adolescente.

Denuncie: Disque 100, se presenciar ou souber de algum caso de abuso sexual de crianças ou adolescentes.