trem-anima

 

Diante do aviso sobre o nível do Rio Mundaú, que aparece em atenção de cheia, com tendência a alcançar o patamar de alerta máximo, conforme boletim da Secretaria de Estado do Meio Ambiente e dos Recursos Hídricos, a Superintendência de Trens Urbanos (STU) de Maceió acaba de iniciar a operação preventiva de deslocamento de material rodante (trens e VLTs) e demais equipamentos de suporte, retirando-os da Estação de Lourenço Albuquerque, na qual está instalada a oficina de manutenção. 

250522b

Remoção preventiva de equipamentos

A Estação de Lourenço Albuquerque e a oficina são margeadas pelo Rio Mundaú, o que torna o local vulnerável diante do quadro de chuvas fortes e intensas e dos riscos de inundação pelas águas do Mundaú.

250522a

Carlos Jorge e Morgana acompanham de perto a operação

O superintendente de Trens Urbanos, Carlos Jorge, e a gerente de Operações, Morgana Moraes, estão no local neste momento acompanhando toda a operação. Segundo Carlos Jorge, “não há mais tempo a esperar haja vista o risco iminente do aumento do nível do Rio Mundaú. Estamos fazendo todos os esforços para manter a operação de trens, ainda que tendo que diminuir a quantidade de viagens”, explicou o superintendente.

 

Maceió, 25 de maio de 2022.

 

Ana Cristina Sampaio

Assessoria de Comunicação

CBTU Maceió