trem-anima

 

           A estação ferroviária Jardim Camboinha, localizada em frente ao Instituto Federal de Educação da Paraíba (IFPB), no município de Cabedelo, entrou em operação experimental na segunda feira, 05. Construída dentro dos padrões internacionais de acessibilidade, dispondo de portas automáticas, desembarque à nível, bilhetagem eletrônica, sanitários acessíveis, ventilação natural e passeio para pedestres, a nova estação é a mais moderna do Sistema de Trens Urbanos de João Pessoa.

Para atender as reinvindicações dos moradores da localidade, a CBTU João Pessoa, através do Ministério da Desenvolvimento Regional (MDR), investiu cerca de R$ 4,5 milhões no novo equipamento. Com a entrada da décima terceira estação do sistema de trens urbanos de João Pessoa, a grade horária sofreu pequenas alterações para incluir o tempo de embarque e desembarque na parada. Os horários estão expostos nas estações e nas redes sociais.

No primeiro dia de operação, a nova estação já atraiu usuários da localidade que estavam à espera. A dona de casa, Socorro Pereira de França, disse que agora vai andar menos para chegar ao seu destino, já que antes percorria uma grande distância. “Sempre vou a Mandacaru e tinha que caminhar até a estação de Manguinhos para pegar o trem. Agora, ando bem menos, sem contar que a estação ficou linda”, afirma.

               Outro público beneficiado com a abertura da estação foram os estudantes do Instituto Federal de Educação da Paraíba (IFPB). De acordo com os estudantes do curso de multimídia da instituição, Letícia Brito e Heitor da Silva, a expectativa era grande. “Vamos ter transporte de mais qualidade e que nos deixa em frente ao Instituto, já que o ônibus para bastante longe, sem contar no valor da passagem que é mais barato”, acrescentam.

Estação Camboinha fachada edit

Estação Camboinha interior adit