trem-anima

 

Sistemas

Recife

Malha Viária:

O Sistema de Trens Urbanos do Recife é operado em 3 linhas férreas, sendo 2 eletrificadas e 1 operada por composições diesel com extensão total de 71 km abrangendo 4 municípios, Recife, Jaboatão dos Guararapes, Camaragibe e Cabo de Santo Agostinho, com 37 estações, transportando cerca de 400 mil passageiros/dia. A Linha Centro, eletrificada, abrangendo 3 municípios, Recife, Jaboatão dos Guararapes e Camaragibe, com 19 estações em operação, nos trechos Recife/Jaboatão e o ramal Coqueiral/Camaragibe; a Linha Sul também eletrificada, abrangendo 2 municípios, Recife e Jaboatão dos Guararapes, com 10 estações em operação, no trecho Recife/Cajueiro Seco e a Linha Diesel (VLT) abrangendo 3 municípios, Recife, Jaboatão dos Guararapes e Cabo de Santo Agostinho, com 8 estações em operação.

 

Mapa do Sistema:

mapa recife

 

 

Características operacionais:

Linha
Total
Centro
Sul

Diesel Extensão da Via (km)


37,8
31
68,8

. Bitola larga - 1,60 m


37,8
37,8

. Eletrificada


37,8
37,8

. Bitola métrica - 1,00 m


-
31
31

. Não eletrificada


-
31
31

Nº de Estações


18
10
7
35 (**)

Nº de Oficinas


2
2
4

TUE Existentes (*)


25
-
25

 Locomotivas Existentes (*)
-

4
4

Carros Existentes (*)


-
34
34

VLT (*)
5
5
Intervalo Mínimo Programado (min)
4,7
17
60
-
Intervalo Máximo Programado (min)
12
17
65
-
Tempo de Percurso Programado (min)


26 a 30
26 a 30
54
-

Efetivo de Pessoal


-
-
1.510

Municípios Atendidos


3
2
3
4(**)

 

 

Posição em 30 dez 2016.

(*) Os valores apresentados para o material rodante no quadro acima é do total existente nos sistemas, não necessariamente todos em operação devido à necessidade de manutenções periódicas e/ou avarias.

(**) As estações Recife e Joana Bezerra e os Municípios de Recife e Jaboatão dos Guararapes foram considerados somente uma vez, já que são comuns a mais de uma linha.

Atualmente, o CBTU/STU REC é uma empresa operadora de transporte urbano sobre trilhos inserida no Sistema de Transportes Públicos de Passageiros – STPP, da Região Metropolitana do Recife - RMR.

A decisão de implantar o metrô do Recife foi tomada pelo Governo Federal, através do Ministério dos Transportes, que criou, em setembro de 1982, o consórcio METROREC, constituído pela Rede Ferroviária Federal S/A - RFFSA e pela Empresa Brasileira de Transportes Urbanos – EBTU (hoje extinta). Esse consórcio deu início a construção do metrô, em janeiro de 1983.

Em fevereiro de 1984, foi criada a Companhia Brasileira de Trens Urbanos – CBTU, com o intuito de gerenciar o transporte público de passageiros sobre trilhos, que antes era de responsabilidade da RFFSA, ficando essa última, apenas com a gestão do transporte de cargas. A CBTU, empresa do Governo Federal, está vinculada atualmente ao Ministério das Cidades e Mobilidade.

Em janeiro de 1985, a CBTU absorveu a Superintendência de Trens Urbanos do Recife – STU/REC e em janeiro de 1988, através dessa Superintendência de Trens Urbanos, passou a gerenciar, também, o trem de subúrbio do Recife, conhecido como Linha Sul, hoje em funcionamento.

Em dezembro de 2002, foi inaugurado o primeiro trecho da expansão, a ampliação da Linha Centro, ligando a Estação Rodoviária à Estação Camaragibe, no município de mesmo nome.