trem-anima

 

 

A trajetória da Companhia Brasileira de Trens Urbanos, CBTU, teve início em 22 de fevereiro de 1984, quando surgiu com a missão de gerir um sistema ferroviário capaz de atender às necessidades de deslocamento da população. O novo formato administrativo incorporado à ferrovia contribuiu para o desenvolvimento dos setores produtivos da sociedade e na melhoria de qualidade de vida nos centros urbanos.

A Superintendência de Trens Urbanos de Natal foi criada em 1988 com o intuito de gerenciar o sistema de transporte de passageiros sobre trilhos no RN. A Superintendência atende aos municípios de Natal, Ceará-Mirim, Parnamirim e Extremoz, viabilizando o deslocamento de 14,3 mil passageiros por dia.

Em setembro de 1993, a CBTU deixa de ser subsidiária da RFFSA tornando-se uma empresa ligada diretamente ao Ministério dos Transportes. Em 2003 a Companhia passa a ser vinculada ao Ministério das Cidades e sua missão passa a ser focada na modernização e expansão dos sistemas de trens urbanos. A CBTU opera os sistemas de trens de passageiros de Recife, Belo Horizonte, João Pessoa, Natal e Maceió.

Os usuários podem embarcar e desembarcar nas 25 estações do sistema, distribuídas nos 60,1 quilômetros de trilhos, sendo 13 ao longo dos 38,5 km da Linha Norte (Natal/Ceará-Mirim) e 12 nos 21,6 km da Linha Sul (Natal/Cajupiranga).

Diariamente são realizadas 36 viagens, das quais 18 são na Linha Norte com duração média de 1h10 e 18 para a Linha Sul, durando cerca de 50 minutos cada. O valor da tarifa é R$ 2,50, devido ao subsídio do governo federal.

 

BettingRating.in is Best Online Casinos list at India! z-lib project