trem-anima

 

Uma série de atividades nesta quinta, 25 e sexta feira, 26, entre elas Serviços de Saúde e Palestras, marcam o encerramento das ações de combate ao câncer de próstata na CBTU João Pessoa. Durante o Novembro Azul, a Companhia esteve voltada para a prevenção de doenças e também incentivando os cuidados da saúde do homem. Para ressaltar a lembrança, o prédio da Estação Central permanecera iluminado com lâmpadas azuis até o final do mês.

Nesta quinta feira, 25, das 15h às 17h, na Área de Convivência da Estação João Pessoa, a CBTU em parceria com o Distrito Sanitário IV, da Secretaria da Saúde de João Pessoa, disponibilizará uma série de serviços para os empregados e usuários do sistema. Dentre as ações haverá testes rápidos de Hepatite e HIV, vacina, aferição de Pressão Arterial e Glicemia.

Na sexta feira, 26, das 9 ás 12 e das 14h às 17h, na Sala de Treinamento da Oficina e, Cabedelo, haverá um ciclo de palestras e bate-papo sobre a importância da prevenção na saúde do Homem. A palestra “Saúde do homem e o preconceito ao exame de próstata” será ministrada pela médica do Trabalho da Companhia, Cândida Fernandes.

De acordo com Secretaria de Estado da Saúde (SES) o diagnóstico precoce do câncer de próstata é essencial e feito por meio do toque retal e da dosagem do PSA no sangue, exames que são solicitados nas s de Saúde da Família. O câncer de próstata é o segundo mais comum entre os homens (atrás apenas do câncer de pele não-melanoma).

As doenças que mais afetam os homens são: infarto agudo do miocárdio, fatores externos (acidentes/violência por arma de fogo ou arma branca), diabetes mellitus, pneumonia e acidente vascular cerebral hemorrágico. Dentre os cânceres, estão o de próstata, dos brônquios e dos pulmões, do estômago, do fígado e vias biliares intra-hepáticas, e da cavidade oral/ traqueia, brônquio e pulmão. Os exames preventivos devem ser realizados uma vez ao ano, após os 50 anos, ou conforme orientação médica, de acordo com a Sociedade Brasileira de Urologia.

Mortes – No período de 2017 a 2021, morreram na Paraíba 6.167 homens vítimas de infarto agudo do miocárdio; 4.169 de violência por arma de fogo ou arma branca; 3.817 de pneumonia; 3.840 de diabetes e 1793 de AVC.  Os 3.882 óbitos de homens causados por câncer, de 2017 a 2021 estão distribuídos da segunda maneira: próstata - 1.518; pulmões - 1.105; estômago - 811; cavidade oral - 405 e pênis – 43.  Fonte: SES/PBSaúde do homem edit