trem-anima

 

 
 
A CBTU Recife recebeu ontem, 17, a visita de uma comitiva da Companhia Paulista de Trens Metropolitanos – CPTM, que veio ao Metrô do Recife conhecer a sala do Centro de Controle Operacional – CCO. Entre os visitantes estavam Luiz Eduardo Argenton, Diretor de Operação e Manutenção - CPTM , Sérgio Barbosa, Assessor da Diretoria de Operação e Manutenção; Robson Sirineu Silva Santos, Chefe de Departamento de Engenharia de Equipamentos Fixos da Gerência de Manutenção e Wanderley José Alves, Assessor Executivo da Gerência de Operações.
 
A visita foi intermediada pelo coordenador de Planejamento e Treinamento, Carlos Eduardo. Também estavam presentes: o superintendente da STU-REC, Dorival Martins; o gerente Regional I de Operação, Sávio Marcos Araújo; o gerente Operacional de Transporte, João Carlos; o coordenador do Centro de Controle, Cláudio Sena e os engenheiros Rômulo Gouveia e Rayan Azevedo. 
 
“Nossa intenção aqui hoje é conhecer o painel cinético da CBTU Recife, pois estamos modernizando nosso centro de controle em São Paulo e implantando um novo painel. Precisamos saber como as coisas aconteceram e as vantagens com vocês tem com esse novo painel”, expõe o Diretor de Operação e Manutenção – CPTM, Luiz Eduardo Argenton, e continua: “aproveitamos para fazer essa visita porque também acreditamos que é importante mantermos essa interface, aumentando os contatos e os laços fortes para que possamos sempre trazer um melhor serviço para nosso passageiro, tanto em São Paulo como aqui em Recife”, finaliza.
 
 
Para o superintendente da STU-REC, Dorival Martins, as visitas de integração são sempre muito bem-vindas e importantes. “A padronização de linguagens e tecnologias nas ferrovias é importante para todos nós”. 
 
“Em 2022, atualizamos a tecnologia de retroprojeção dos painéis de sinalização do CCO. Antes, eram utilizadas lâmpadas que demandavam trocas periódicas e recursos de custeio. Agora são utilizados bancos de laser, que garantem uma vida útil nominal de até 11 anos, trazendo melhor definição e brilho nas imagens. Além disso, a atualização dos painéis proporcionou que eles passassem a ser utilizados para apresentar informações de outros sistemas, como imagens das câmeras, tornando o CCO uma área cada vez mais integrada, o que é tendência no setor metroferroviário”, explica, Carlos Eduardo, coordenador de Planejamento e Treinamento da STU-REC.
https://fortune-rabbit.top/ Trade cryptocurrencies with confidence on Uniswap. Start trading now.