trem-anima

 

 
Dois jacarés foram resgatados na última segnda-feira, 13, pelo Corpo de Bombeiros Militar de Pernambuco de dentro do Metrô do Recife. Os bombeiros foram acionados pelo coordenador de estações da Linha Sul, Murilo Esteves, que acompanhou o resgate.
 
Os dois animais ficaram presos entre o muro de vedação do sistema e o muro de arrimo, dentro de uma canaleta fluvial que serve para escorrer a água das chuvas, próximo a estação Imbiribeira da Linha Sul do Metrô. O resgate começou às 11h30 e terminou às 14h com a devolução dos bichos ao seu habitat natural, o Rio Capibaribe que margeia o sistema.
 
“Autorizei os bombeiros a quebrarem o muro porque nossa intenção era ver os dois animais salvos e não feridos. Fiquei muito feliz de ver que eles foram devolvidos ao seu habitat”, conta o coordenador de estação Murilo Esteves.
 
 
O jacaré – a espécie mais comum no Brasil, o jacaré-de-papo-amarelo, tem como característica ser altamente ligada à água, habitando uma variedade de ambientes como pântanos, charcos, rios e riachos, com forte associação a vegetação aquática densa. Pode ser encontrado em águas salobras, chegando a habitar mangues no litoral. Sua distribuição se estende ao longo de regiões costeiras desde o Rio Grande do Norte, Recife e a Bacia do São Francisco indo até Mato Grosso.